Número de adolescentes com título de eleitor em Fevereiro é o menor já registrado

Em 2022, envolvimento de jovens de 16 e 17 anos nas Eleições é o mais baixo já registrado na história. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas 830 mil jovens estão com o título de eleitor até o momento. Anteriormente, nas eleições de 2018, foram mais de 1,4 milhão de adolescentes adequados a votar no mesmo mês.

Dessa forma, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE) estima que até o momento apenas 13,6% dos jovens dessa faixa etária possui o título. No mesmo mês em 2018, o percentual era de 23,3%.

E quais são os motivos para os jovens não quererem tirar o título de eleitor? Bom, é isso o que vamos comentar a seguir. Acompanhe!

Possíveis desinteresses

O desinteresse dos jovens pela participação na democracia chama a atenção. O voto facultativo está validado pela constituição de 1988, mas apenas a partir de 1992 começou a ser registrado os dados.

De acordo com o cientista político da USP José Álvaro Moisés em entrevista para o Estadão, “jovens nessa idade estão na fase de serem atraídos para a política. Justamente quando são convocados pelas instituições a participar, os discursos antipolítica os afastam”

Moisés também declarou que a polarização entre dois possíveis candidatos, Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva, exerce um fator limitante neste ano.

Enquanto isso, para o professor e cientista político da fundação Getúlio Vargas (FGV), Jairo Nicolau, o principal motivo é a falta de identificação partidária. Em entrevista realizada pela CNN, o professor comenta: “de 1989 para cá, vimos esse número cair bastante nessa faixa etária. Antes era algo perto de 70%, hoje chega a 40%, 30%, o que constata esse desinteresse. Os partidos estão bem envelhecidos, não há renovação etária, há dificuldade de diálogo e de atrair jovens para a militância. A expectativa dos jovens nessa idade também é muito diferente do que é debatido. Temas como diversidade, meio ambiente, mercado de trabalho e universidades não são prioritários”.

O desinteresse dos adolescentes na política está claro e evidente. O baixo número de eleitores menores de 18 anos pode gerar uma carência democrática. Assim, pautas levantadas por essas faixas etárias estaria fora de cogitação para os planos de governo das próximas eleições.

Como tirar o título?

O prazo de encerramento do cadastro eleitoral será dia 4 de maio. Portanto, o processo para requerer o documento pode ser realizado online no portal do TSE.

Para requerer o título de eleitor será necessário enviar o documento de identificação original e uma fotografia segurando o documento apresentado. Logo, em caso de emissões presenciais, será necessário agendar a solicitação no site do TSE dentro da opção “Eleitor”.

Para estas ou mais informações, não deixe de acompanhar o nosso blog. Ou, ainda, acesse o site da Vaquinha Eleitoral e fique por dentro das campanhas dos candidatos em 2022!